Arquitetura em container



A utilização de containers usados, parece algo inovador e muito diferente no brasil, porém vem sendo uma arquitetura muito comum no Japão e principalmente na Europa, em locais próximos a próximos a portos. É bem claro que a sustentabilidade vem de reaproveitar um material que seria descartado na natureza, o container, porém a construção civil por sí só é responsável por cerca de 70% do lixo produzido em uma cidade e, a arquitetura modular vem para corrigir essa falha deixada nas comuns construções de alvenaria.

A venda de containers tem crescido junto com a construção de casas containers e, para construir sua casa container ou escritório container é necessário algumas definições basicas. Vou pular esses detalhes técnicos de “o que é container” e “para que os containers servem”, porque a internet está cheia disso, como sabemos que é para arquitetura que você quer containers, vamos ao que interessa:

 

Tipos de container

Os mais populares são os containers Dry, High Cube (HC), Reefer (ou refrigerado), Open Top, Open Side, Ventilado, Bulk,

Dry é o tipo mais comum de container, sendo alguns dos tipos citados anteriormente uma variação deste modelo. Vou me ater aos três mais importantes para a construção, Dry, HC e Reefer

Container Dry

São fabricados em aço corten, uma liga muito mais resistente que o aço convencional e resiste a ações da natureza, clima e tempo, pode ser mantido a céu aberto sem comprometer sua estrutura.

Container High Cube, ou HC

A única diferença de fato está no pé direito (altura do chão ao teto) do HC, para o dry, são 30 centímetros a mais. O que traz um maior conforto para quem mora, falando de casas container.

Reefer ou container refrigerado

Reefer é um container de alumínio, usado para transporte de materiais congelados e, já possui de fabrica revestido termicamente.

Falando especificamente de custos acaba saindo “elas por elas” quando comparamos o investimento em comprar um Reefer e comprar um Dry e fazer o acabamento que soluciona a vedação térmica necessária, a grande diferença entre essa escolha é que o Reefer não pode ser modificado ou minimamente, para minimizar os cortes que acabam interferindo na vedação acústica e térmica.

Montagem e tamanhos dos containers

As variações de tamanhos para os principais tipos são poucas, a criatividade é que manda, afinal em estruturas metálicas tudo funciona como uma montagem de lego, usando as peças predefinidas.

Na construção de uma casa container, os detalhes a se pensar e elaborar são todos desenvolvidos previamente, por isso se dá a importância de um projeto extremamente detalhado.
Se você não sabe exatamente o que é projeto arquitetônico, vale pena ler este artigo.

É importante escolher um arquiteto que tenha experiência em containers, com cursos, obras e projetos pois existem projetos especificos para construções em containers que se diferenciam dos padrões para projetos de casas de alvenaria, (Luminotécnico, Hidrossanitário, Páginação de pisos, Pontos de tomada) como Projetos de Parede, com detalhamento, Projeto de revestimentos, Projeto de Containers e outros projetos que demandam detalhamentos específicos que ajudarão no desenvolvimento da obra.

A importância do projeto em uma casa container

O fenômeno da “autoconstrução” é algo que domina as obras no Brasil e, nas construções de alvenaria existem margens para erros, os projetos arquitetônicos não precisam ser precisos milimetricamente por isso o costume de construir sem o devido planejamento ou um arquiteto especializado para construir casas passa a ser algo que as pessoas encaram como “opcional” mesmo sem pensar na economia de uma casa projetada (veja as contas neste artigo).

Quando se trata de casas container, todo planejamento é imprescindível. Um projeto economiza quebrar uma parede já feita, que em uma casa de alvenaria é um transtorno, numa casa container é algo que não dá pra ser feito depois de finalizado o revestimento e impermeabilização, pois o estrago poderia prejudicar muito.

Projetos em container

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Thiago Bezerra (@thiagobezerra.com.br) em


 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Thiago Bezerra (@thiagobezerra.com.br) em


A vantagem do container é que dá realmente pra fazer tudo! desde escritórios à casas para morar com luxo e conforto. Neste projeto que fiz, por exemplo, mantive a chapa do container apenas como decorativo e pintei de cobre, todo o restante está revestido com drywall ou placa cimentícia, o que faz com que a aparência de container seja esquecida.

Já no outro projeto que desenvolvi, um restaurante/bar pocket, feito para um terreno que beira a estrada, com um orçamento MUITO reduzido, construímos uma placa apenas para o letreiro e um pergolado para dar um ar mais rustico, junto ao estilo industrial. Uma porta de vidro grande, de correr e o restante é trabalho de posicionamento e interiores. Tudo planejado para funcionar de uma maneira simples, com pouco espaço.

O segredo da arquitetura em container é realmente o planjamento. Desde o inicio de 2018 tenho feito alguns cursos e pesquisas, principalmente com material estrangeiro, pois existe muito pouco conteúdo especializado no Brasil e estou me aperfeiçoando na área, por isso fica fácil escrever sobre containers e arquitetura modular, postarei em breve um artigo passo a passo explicando um projeto e detalhamentos feitos nele.

Vejo muitas inspirações e projetos no instagram @containerarquiteta , fica a dica pra quem quer seguir alguns perfis de empresas de arquitetura e arquitetos.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Container Arquitetura (@containerarquitetura) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Container Arquitetura (@containerarquitetura) em

0.Comments

    Leave a Comment